1º Ciclo de Oficinas de Contação de Histórias com o Coletivo Alcathea

52872332_993960287465069_3766424703544066048_o
O 1º Ciclo de Oficinas de Contação de Histórias do Coletivo Alcathea tem por objetivo oferecer uma formação ampla na área da narração oral. Serão 8 oficinas com 6 horas de duração cada e ainda uma roda de histórias com o Coletivo Alcathea e os participantes das oficinas. As oficinas serão ministradas pelas participantes do Coletivo (Aline Maciel, Cristina Magdaleno, Felícia Fleck, Josiane Geroldi, Lieza Neves e Nana Toledo) e também por um/a convidado/a surpresa! As oficinas são destinadas a contadores de histórias, artistas, educadores, bibliotecários, pais, mães e demais interessados na arte de contar histórias.

Confira a programação:

16/03 – “Contar histórias: exercício de humanidade”, Josiane Geroldi (Cia Contacausos)
Sobre a oficina: Sensibilizar artistas, contadores de histórias e educadores para o exercício de escuta e narração criativa. Narramos para significar a nossa própria existência. Encontrar a verdade em cada palavra dita é o que cria pontes entre o narrador e os ouvintes. É no outro que a imagem ascende. Material necessário: Uma história que já conte ou gostaria de contar.

13/04 – “O exercício da presença através de cantos, contos e danças”, Nana Toledo
Sobre a oficina: Entraremos em contato com o mundo sonoro, com a percepção rítmica e melódica de canções, brincadeiras cantadas e danças circulares, bem como de histórias e memórias afetivas, afim de contemplar o exercício da presença, despertando o ser-sensível do adulto-narrador. Contar histórias é como entoar uma canção ou entrar no ritmo de uma dança. É preciso estar inteiro, conectado a cada som, a cada silêncio. É abrir o coração e fluir na melodia que o ouvinte e a própria história nos oferecem.

18/05 – “Narração de histórias: texto e performance”, Aline Maciel (Cia Mafagafos)
Sobre a oficina: Esta oficina pretende despertar os participantes para a utilização de técnicas de narração de histórias, desenvolvendo um estilo próprio de contar. Iremos dialogar sobre o texto escrito e o texto falado, adaptação de histórias, memorização do conto, espaços para contar e sobre a postura do contador. Material necessário: Uma história que já conte ou gostaria de contar.

15/06 – “Objetos para contar histórias”, Lieza Neves
Sobre a oficina: Este encontro será voltado à discussão sobre o uso de objetos para contar uma história: quando enriquece o trabalho, quando é desnecessário, quando choca com o texto ou complementa-o; partindo para a experimentação prática. O grupo vai estudar as possibilidades táteis, visuais e sonoras propostas por diferentes tipos de objetos.

16/07 a 19/07 – “Histórias na escola” (Coletivo Alcathea
Sobre a oficina: Este encontro será voltado para professoras/es e iremos abordar a contação de histórias no ambiente escolar. Dicutiremos sobre como esse momento pode ser bem aproveitado pelas/os profissionais e ofereceremos sugestões de como aprimorar a contação de histórias na sala de aula e/ou biblioteca.

17/08 – Convidado surpresa!
Em breve mais informações!

21/09 – “Brincando com histórias: como contar para crianças pequenas”, Felícia Fleck
Sobre a oficina: Esta oficina como objetivo propiciar o contato dos participantes com a literatura infantil contemporânea e com as narrativas da tradição oral, possibilitando a manifestação do contador de histórias que cada um traz em si. Iremos falar sobre Infância, brincadeira e imaginação. Literatura infantil e os estágios psicológicos da criança. A ilustração na Literatura infantil. Como contar histórias para os pequenos – recursos e possibilidades.

12/10 – “Do objeto à narrativa: jogos sensoriais na prática do contador”, Cristina Magdaleno
Sobre a oficina: Esta oficina se propoe a buscar narrativas onde elas estejam, isto e em todo lugar que signifique uma experiencia ja vivida ou por viver. Memorias, livros objetos, contos e formas animadas se misturam e constroem o leitor e o contador de historias.Sensibilizar, experimentar, conhecer, compartilhar narrativas de vida.

16/11 – Roda de histórias com Coletivo Alcathea e participantes das oficinas
Encontro aberto ao público e encerramento do Ciclo.
————————————————————————————

Pagamento:
O valor de cada oficina é R$ 100,00 (para depósito até 11/03) ou R$ 120,00 (para pagamentos no dia da oficina). Quem participar de duas ou mais oficinas ganha desconto! R$90,00/oficina (com pagamento antecipado)

Conta para depósito:
Caixa Econômica
Ag: 4733
Conta Poupança (013): 00005499-0
Cristina M S Lopes
CPF: 663.522.587-00

Após o pagamento, enviar o comprovante para:
coletivoalcathea@gmail.com ou pelo whatsapp 48 99633-2069 (Aline Maciel)

Mais informações no link do evento:
https://www.facebook.com/events/325662768078066/?active_tab=about

Qualquer dúvida, pode escrever! 🙂

Anúncios

Jogo Noitescura

A Cia Mafagafos prepara para o mês de maio o lançamento do jogo de tabuleiro “Noitescura”, um projeto em parceria com a Monte Branco Design.

“Noitescura é um jogo de percurso que transporta os jogadores noite adentro, atravessando a fantástica galeria dos monstros, mitos, seres imaginários, crendices, superstições e lendas da cultura popular brasileira. Que rolem os dados. A travessia vai começar!”

Produção teatral “Festa do Capelém” estreia no projeto Domingo é Dia de Teatro com apresentação gratuita

Festa do CapelemMeninos e meninas vão trocar a plateia pelo centro do palco e se tornarão convidados especiais da peça infanto-juvenil “Festa do Capelém”, que estreia no próximo dia 14 de julho no projeto Domingo é Dia de Teatro. O espetáculo da Companhia Mafagafos e do Grupo de Teatro Jabuti transforma o palco em uma verdadeira festa que busca valorizar os ritmos e as brincadeiras da tradição oral de diversas regiões do Brasil. Além de música, a apresentação valoriza movimentos e danças, unindo a linguagem cênica do teatro e da dança à música e contação de histórias.

A Cia Mafagafos é conhecida pela maneira divertida de contar histórias utilizando recursos como música, bonecos e desenhos. Já o Teatro Jabuti tem um histórico de produções que utilizam tradições orais e populares como temática. A parceria entre os grupos criou um espetáculo híbrido, que reúne teatro, música e cultura e que incentiva o público a  entrar na roda e interagir com a peça.

O Domingo é Dia de Teatro é uma parceria entre Iguatemi Florianópolis e Cinesystem. Semanalmente, o projeto oferece sessão gratuita de teatro, com peças educativas e divertidas para toda a família.

– See more at: http://www.allpresscom.com.br/blog/#sthash.6qGRwpis.dpuf

Jabuti & Mafagafos na Festa do Capelém!

Domingo, dia 14, às 11h30!

No cinema do Shopping Iguatemi – Gratuito

domingo-e-dia-de-teatro
Jabuti&Mafagafos-NaFestaDoCapelem
Dando continuidade a suas pesquisas de tradições orais e populares, o Teatro Jabuti e a Cia Mafagafos se unem para realizar um espetáculo híbrido, dirigido ao público infantil e juvenil, elaborado a partir de brincadeiras cantadas e dançadas. A proposta é unir a linguagem cênica do teatro e da dança, a música e a contação de histórias. O espetáculo  propõe um passeio pelos ritmos e brincadeiras da tradição oral de diversas regiões do Brasil, criando movimentos e danças, em que o público é convidado a entrar na roda e participar.

“O Carro da Sopa” + “Cada um conta de um jeito”

Dia 11/05, sábado, às 11h30
Espetáculo musical “O Carro da Sopa” (com Aline Pim e Dr. Moo) seguido de sessão de autógrafos do livro “Cada um conta de um jeito”, de Aline Maciel, il. Fábio Dudas
6ª Feira Catarinense do Livro “Saúde nas Entrelinhas” – Largo da Alfândega

 

feira-do-livro

Vídeo

O CARRO DA SOPA – comendo com música

O CARRO DA SOPA – comendo com música

Espetáculo musical que busca a promoção da saúde através de canções compostas pela dupla Aline Pim e Dr. Moo. “O Carro da Sopa” tem como ingredientes principais: música, brincadeira, comida, alegria e saúde. O espetáculo é destinado a todos os públicos, sobretudo o infantil.